Tetê Espíndola conta como ‘Escrito nas Estrelas’ foi criada e viralizou nas vozes de Pabllo Vittar e Lauana Prado

Tetê Espíndola ficou famosa nos anos 80 com sua voz de um agudo único. Nascida em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, ela foi criada em meio a natureza e desenvolveu seu dom de cantar ao observar os pássaros. Convidada do Conversa com Bial que foi ao ar no GNT nesta terça-feira (28), a cantora falou da sua relação com as aves e de como elas a entendem.

A Pedro Bial a cantora relembrou de uma ‘conversa’ com um Irapuru durante uma viagem a Amazônia:

“Sinto a sonoridade dos pássaros. Esse exercício me ajuda muito. Agradeço muito aos pássaros. Sempre tive a intuição de me sentir como eles. Eu não imito os pássaros, eu faço a emissão (do som) e eles respondem e acham que sou um pássaro”, explicou ela.

 

Em 1985 Tetê venceu o Festival dos Festivais, da Rede Globo, com a canção “Escrito nas Estrelas.” A música é uma composição do marido Arnaldo Black, com quem está casada há 41 anos, com letra de Carlos Rennó.

Quase 40 anos depois de seu lançamento, a canção ficou no ranking dos streamings, viralizou e foi regravada por Silva, Pabllo Vittar e Lauana Prado.

Tetê lembrou como ela foi composta e o programa exibiu o dia que “Escrito nas Estrelas” venceu o festival, em 1985:

“Cheguei de um show e o Arnaldo (Black) estava no violão. Falei: ‘que linda essa música! Por que não dar essa música para o Carlos Rennó colocar a letra?’ Rennó foi nosso cupido. Ele me apresentou ao Arnaldo e eu apresentei a música do Arnaldo para ele que fez a letra para nós. Foi uma coisa muito linda.”

FONTE: g1.globo.com.br

Compartilhe nas redes sociais
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Como posso te ajudar?